amores expresos, blog do Luiz

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Lisboa

Meu primeiro dia em Lisboa passei em... Madri, no Aeroporto de Barajas... Meu vôo, São Paulo-Madri, devido a uma série de problemas - desde as longas filas na Policia Federal, até, creio, o trânsito terrível, agravado por uma semiparalisação dos metroviários - saiu atrasado e cheguei a Espanha exatamente no horário em que meu avião para Lisboa sairia... Resultado, após dez horas de viagem, passei outras sete andando de um lado para o outro, aguardando uma nova conexão... Quem me salvou foi uma garota americana, de 23 anos, chamada Carson McCullers... Ela me fez companhia todo o tempo e me contou ótimas histórias. Agora, estou instalado em Lisboa, e chove e faz frio...

8 Comentários:

Blogger Saulo Dourado disse...

Ótimas histórias? Conta. Pelo menos as permitíveis.

19 de junho de 2007 11:33  
Blogger Aguinaldo Cavalheiro de Almeida (guiga) disse...

Assim como a todos os demais Amoresexpressos também estou a te acompanhar.

19 de junho de 2007 19:33  
Blogger stennio machado disse...

salve, salve!
espero que aproveite bem a viagem e que ela seja combustível para mais um belo (ainda que o belo possa ser por demais contundente) romance.
abraço.
stennio machado

21 de junho de 2007 09:55  
Blogger Patrícia. disse...

Morei em Lisboa por dois meses. Acho que você está em um dos melhores lugares para pensar uma história. Esqueça a chuva. Vá no restaurante indiano-italiano na praça do Rocio e depois caminhe pelo bairro alto. Com frio ou sem frio, não perca por nada um fado na Tasca do Chico! Boa sorte no Aquém-Mar!

25 de junho de 2007 07:49  
Blogger Tatiana disse...

sabe q toda vez q chego à Lisboa está chovendo ou cinzento?
boa estadia por aí.
fico em paris até final de setembro...

27 de junho de 2007 14:47  
Blogger ALPSC disse...

Lisboa com frio em Junho não é nada normal. Dizem que a culpa está no anticiclone dos Açores que não está colocdo na sua posição habitual para a época - mas isso, para mim, é chinês. Porque o verdadeiro verão Lisboeta pode ser sufocante, pode, pois pode e é mau de mais.
O que, pensando na minha mulher numa gravidez de 8 meses, até não é nada mau. Facto!

4 de julho de 2007 03:55  
Blogger TONI COELHO disse...

Galeão ---> Juiz de Fora

Ruffato, valeu pela companhia na quinta passsada na viagem de carro da UFJF do Galeão até Juiz de Fora.
O nosso percurso foi repleto de comentários da sofrida comunidade de Timor Leste, e que não deu pra sentir todo o trajeto da viagem.
Valeu ter te conhecido, simplicidade e conhecimentos compratilham todo este sucesso.
Um forte abraço do amigo Antonio Coelho.

9 de dezembro de 2009 00:57  
Blogger Alekson Silvestre disse...

Ola Luiz é um prazer esta comentando neste seu blog e aproveito para: Acho você um observador das eloquências da nossa vida e concordo com você em numero e grau.

Sou um escritor no começo da carreira e precisaria de conversar com um escritor como você estou morando em São Paulo e estou participando de um concurso literário SM Edições (Barco a Vapor)
E também vivi em Lisboa amo aquele pais e vou me programar voltar a viver lá.

Por favor caso me conceda uma entrevista para saber os caminhos de um escritor eu agradeceria.

Meu e-mail: aleksonsilvestre@gmail.com

Aguardo seu contacto.

Alekson

3 de abril de 2017 08:18  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial